Criado em 02 de Janeiro de 2012

Roteiro de 2 dias em Londres, conheça a cidade sem gastar muito

Caminhar é uma das melhores maneiras de conhecer uma cidade. Sendo assim, coloque um sapato confortável e leia o nosso roteiro de 2 dias em Londres

Londres é uma cidade enorme, olhando o mapa do metro se tem a impressão de que é preciso dias ou até meses para circular por todos seus cantos.

Um pouco disso é pode ser verdade, há tantas coisas para se fazer e lugares para serem vistos que, sem exageros, da para se dizer que aqui há entretenimento para a vida toda.

Conheça Londres caminhando e sem gastar muito | Foto: Divulgação

No entanto, se a idéia é visitar apenas os monumentos mais conhecidos e dar um giro rápido por Londres é possível fazer isso em dois dias e a pé.

Para se dar conta de que se está de fato em Londres, nada melhor do que começar o primeiro dia de passeio em frente ao Big Ben, dando ainda para visitar as casas do Parlamento e a Abadia de Westminister.

A maneira mais rápida de chagar até lá é usando o Underground e indo até a estação de Westminister – lembrando que a partir desse pondo a jornada será feita a pé.

Tiradas as devidas fotos, atravesse a ponte em direção a London Eye – a roda gigante na margem Sul do Rio Tâmisa – e siga pela beira do rio, pois a imagem é linda, embora possa ser um pouco ventosa e um tanto fria durante o outono e inverno.

Desse lado do rio, você caminhará por Southbank, passando por vários restaurantes, cafés e lugares para se aquecer um pouco se for o caso.

Enfim você chegará ao Tate Modern – o museu de arte moderna de Londres – e para quem curte, vale a pena dar uma entrada e conferir o acervo do museu. Ao lado, você encontra o The Globe, que é a réplica do teatro do Shakespeare, onde o escritor apresentava ao público suas obras – o original foi queimado no grande incêndio de Londres.

Dali, mais uma caminhada e você encontrará o Borough Market, mercado de comidas e deliciosos quitutes, com barraquinhas vendendo de tomates a cervejas. Independente do que você escolher para comer, não tem como errar, mas os doces vendidos por uma barraquinha de franceses são de-li-ci-o-sos!

Recarregadas as energias, mais meia hora de caminhada e você estará atravessando a Ponte de Londres. De volta ao lado de lá da ponde e se ainda sobrar tempo, vale a pena visitar a Torre de Londres, mas lembre-se que é preciso tempo para andar por lá e apreciar as jóias da cora Inglesa.

De lá, se você ainda tiver disposição, caminhe até a Millennium Bridge – a ponte que fica em frente ao Tate Modern – e dali vá até a Catedral de Saint Paul. Se ela já estiver fechada, não tem problema, sua fachada e escadaria já valem a visita.

Termine o dia 1 caminhando da Catedral até Convent Garden. Lá, no fim do dia, artistas amadores se apresentam ao público, além disso, há milhares de cafés e restaurantes para quem estiver com fome.

Daí, termine porque não aproveitar para relaxar em um dos milhares pubs espalhados pelo centro, afinal, o dia de amanha promete mais caminhada!

Uma vez na Terra da Rainha, o segundo dia do passeio começa na Troca da Guarda, no Palácio de Buckingham. A função começa às 11h30min da manhã, mas é bom chegar lá pelas 10h, pois o local está sempre lotado.

Vá até a estação de Green Park, atravesse o parque e você estará no Palácio em minutos.

Pela Avenida The Mall, você seguirá até a Trafalgar Square, local onde fica a National Gallery e a coluna do Nelson – almirante da Marinha Real Britânica que na Batalha de Trafalgar (1805) impediu Napoleão Bonaparte de atacar a Inglaterra. Dali você pode ir a Piccadilly Circus.

Caminhando pela Avenida Piccadilly em direção ao Hyde Park, você passará em frente uma das mais famosas e antigas lojas de departamento de Londres, Fortune and Mason.

Na mesma avenida, você passará em frente ao hotel Ritz, ao Green Park, ao Hard Rock Café de Londres até chegar a Hyde Park Corner.

O Hyde Parque é um dos maiores parques de Londres, mas muito bem sinalizado, então não tem como se perder. Vá até o memorial construído em homenagem a Princesa Diana, depois caminhe até o Palácio de Kensington e siga então para Notting Hill.

Mesmo que não seja sábado – dia da feira de Portobello Road – o bairro é uma gracinha e merece a visita em qualquer dia da semana. Evidentemente tem muito mais para se conhecer em Londres, mas se os dias em Londres são poucos as fotos tiradas nesses dois serão suficientes para montar um álbum bem legal.

Agora, para completar a viagem, que tal terminar o segundo dia fazendo umas compras no Shopping de Westfield, que fica pertinho de Notting Hill?

 

Qual a sua avaliação?

You have already rated this post. Thank you!

0 5

0 Avaliações