Criado em 05 de Fevereiro de 2012

Brick Lane em Londres, domingo de flores, brechós e histórias para contar

Vindo do centro de Londres o visitante desembarca em outro mundo quando chega ao norte da cidade. Um local onde a correria diminui e alguns locais têm ar de cidade pequena

Assim, começa um domingo perfeito em Londres, na estação de metro de Liverpool Street. Ironicamente, por fazer parte do centro financeiro da cidade, os dias de semana nesta área são extremamente movimentados e as ruas cheias de gente.

Brick Lane é uma das áreas mais descoladas de Londres | Foto: Divulgação

Com o final de semana, o local se transforma, as ruas esvaziam e as pessoas que passeiam pelo local buscam os simples prazeres da vida.

Dali, chegar ao Old Spitalfield Market é um pulo. O mercado abriga uma eclética e sofisticada seleção de lojas e bancas vendem objetos de artesanato, roupas, alimentos, frutas e verduras orgânicas.

Há não muito tempo atrás, uma parte metade do local foi derrubada para dar lugar a estantes envidraçadas e uma construção mais moderna assinada pelo badalado arquiteto Norman Foster.

Porém, a outra metade de tijolos vermelhos do edifício original, construído em 1893, ainda sobrevive. Destacando o belo contraste entre o antigo e o moderno.

A variedade das lojas de roupas é enorme e ali se encontra o que a de diferente e descolado na moda londrina.

No mercado e na área ao redor se concentra muitos dos novos estilistas que tem feito sucesso por aqui e em alguns locais do mundo.

Agora, se comprar e bisbilhotar não forem o objetivo numero um, o melhor a fazer é deixar para tomar o café da manha nas cercanias do mercado e se esbaldar com as inúmeras opções de bolos, tortas, pães e delícias oferecidas no local.

Seguindo pelas pequenas ruelas, chega-se a famosa Brick Lane. Reduto alternativo e descolado entre dos jovens boêmios, a Brick Lane fica no coração da comunidade indiana de Londres, a sua extremidade sul, chamada Banglatown, é dominada por restaurantes indianos com preços muito baratos, o que acaba sendo uma boa opção na hora de comer.

Entretanto, não é isto que atrai público para esta região. Nos domingos, o Brick Lane Market é o centro das atenções e oferece de quinquilharias e móveis antigos a estilosas roupas, boutiques alternativas e charmosas lojas de acessórios para a casa.

Encontrar o mercado de flores da Columbia Road é fácil, na ausência de um mapa, pergunte a qualquer pessoa na rua que ela saberá indicar o caminho. Da Brick Lane, levam-se uns dez minutos e não demora pessoas carregando vastos buques de flores indicarão que se está na trilha certa.

O ideal é chegar ao Columbia Flower Market antes das três, que é a hora que os comerciantes encerram suas atividades, mas caso isso não seja possível, não existe motivo para tristeza.

Antes dos expositores recolherem suas plantas e voltarem para casa, começa a atração mais divertida do local, que é quando os barulhentos vendedores começam a barganhar seus produtos atraindo compradores, literalmente, no grito.

Além de sementes, mudas, plantas em vasos e flores, neste mercado se encontra todo tipo de acessórios de jardinagem nas lojas que se alinham a rua.

Ao redor do mercado, uma microcósmica comunidade de lojistas se estabeleceu e ali podem ser encontrados lugares como a Treacle, uma casa de chás que além de bebidas quentes e bolos oferece louças antigas e tudo o que é preciso para um perfeito Afternoon Tea; a adorável loja de perfumes Angela Flandres; e o espaço fashion de Marcos & Trump e suas roupas vintage.

A essa altura do dia, o café da manha no Old Spitalfield Market já fará parte de um passado distante e, mesmo pequenina, restaurantes não faltam na Columbia Road. O Brawn é o local perfeito para quem gosta de vinhos e comida simples, mas com tradição.

O cardápio do local muda diariamente e os vinhos são fornecidos por pequenos produtores. Mais para o fim da rua há o Laxeiro, um pequeno restaurante espanhol, que também prima pela boa gastronomia e oferece a seus clientes típicos pratos como paella, croquetes de jamón, patatas bravas, entre outras delícias.

Ao lado do espanhol, está o italiano Campania, local de belos vinhos, cafés encorpados e uma vasta seleção de antepastos, massas, risotos e outras iguarias.

E com isso, encerra-se o dia!

 

Qual a sua avaliação?

You have already rated this post. Thank you!

0 5

0 Avaliações