Criado em 27 de Março de 2013

As 10 melhores atrações turísticas do Reino Unido da década. Parte II

Nesta segunda parte da matéria sobre as mais votadas atrações turísticas de Londres e do Reino Unido, continuamos explorando o que há de melhor para se ver e experenciar durante a sua visita a terra da rainha

Nesta segunda parte da matéria (veja a primeira parte aqui) sobre as mais votadas atrações turísticas de Londres e do Reino Unido, continuamos explorando o que há de melhor para se ver e explorar durante a sua visita a terra da rainha.

-
06. Thermae Bath Spa, Bath, Inglaterra

Piscina de águas termais em Bath na Inglaterra | Foto: The Halcyon

Mesmo antes dos romanos chegarem, os Celtas, que ocuparam na antiguidade a região onde hoje fica Bath, adoravam sua deusa Sul em uma fonte que deu origem ao nome romano de Bath, Aqua Sulis.

Por dia, pelo menos um milhão de litros d’água emergem a superfície a uma temperatura média de 45ºC, e, desde os tempos antigos, visitantes têm apreciado o valor terapêutico destas águas.

Em 2006, pela primeira vez em 28 anos, um projeto milionário, transformou o espaço em um local de facilidade pública, permitindo que os visitantes mergulhem e usufruam da única fonte de águas termais da Grã-Bretanha.

As comodidades incluem uma fabulosa e naturalmente aquecida piscina com vistas para todo o centro histórico de Bath.

Visite www.thermaebathspa.com

-
07. The Imperial War Museum North, Manchester, Inglaterra

Projeto arquitetônico ousado do Museu Imperial da Guerra na cidade de Manchester
Projeto arquitetônico ousado do Museu Imperial da Guerra na cidade de Manchester

O prédio do Imperial War Museum, construído pelo arquiteto Daniel Libeskind, fica ao lado do Manchester Ship Canal e ocupa um local devastado durante a Blitz de Manchester na Segunda Guerra Mundial.

Apesar de o nome ser relacionado à guerra, ele não é uma celebração a conquista colonial, ao Império Britânico e ao imperialismo.

Ao contrário disso, suas exposições são atenciosas considerações do impacto da guerra moderna sobre as sociedades e populações.

O design de Libeskind é composto por três estruturas articuladas, que parecem cacos, dando a ideia de um conflituoso globo quebrado.

Três grandes espaços que compõe as diferentes mostras do Museu e apresentam os pensamentos, vozes e experiências daqueles vivenciaram o grande conflito. Um lugar surpreendentemente e comovente para visitar.

Visite www.iwm.org.uk

-
08. The Eden Project, Cornualha, Inglaterra

Cúpulas do Projeto Éden brotam como cogumelos no vale artificial em Cornualha | Foto: Grimshaw
Cúpulas do Projeto Éden brotam como cogumelos no vale artificial em Cornualha | Foto: Grimshaw

O Projeto Éden, perto de St. Austell, regenerou um poço de argila em desuso e o preencheu com, entre outras coisas, a maior estufa do mundo.

O complexo é composto por uma série de cúpulas que brotam como cogumelos no vale artificial. Cada uma recria um bioma natural, como o tropical e o mediterrâneo, com plantas características de seu clima e proveniente das mais diversas regiões do mundo.

Parte o paraíso de um jardineiro, parte uma organização educacional, o Projeto Éden foi concebido para explorar as relações interligadas entre as pessoas, as plantas e o planeta.

O projeto levou dois anos e meio para ser construído e foi aberto ao público em 17 de março de 2001. É algo que os visitantes não vão encontrar em qualquer outro lugar do mundo.

Visite www.edenproject.com

-
09. Gateshead Quays, Tyneside, Inglaterra

Edifícios e ponte em Gateshead Waterfront na cidade de Newcastle na Inglaterra | Foto: Wilka Hudson
Edifícios e ponte em Gateshead Waterfront na cidade de Newcastle na Inglaterra | Foto: Wilka Hudson

Pouco simboliza a revitalização do Norte da Inglaterra, como o Newcastle Gateshead Waterfront – em ambas as margens do Rio Tyne.

Edifícios industriais foram totalmente reinventados, enquanto a impressionante nova arquitetura e uma incrível ponte para pedestres transformaram, a suja área industrial e cais, em um excitante centro de cultura e vida noturna.

Visite www.gateshead-quays.com

As atrações que devem ser visitadas são:

  • The Baltic – Nos anos 50, o local servia para o armazenamento de grãos no cais. Recentemente, foi transformado em um dos maiores e melhores espaços de arte contemporânea da Europa
  • The Sage – Uma construção espetacular e premiada, que é um centro para a música, a aprendizagem e a participação do público.
  • The Gateshead Millennium Bridge – Uma ponde para pedestres e ciclistas que chama a atenção para o seu design e para o fato de ser móvel e permitir o tráfego fluvial.

-
10. The O2 Arena, Greenwich, Inglaterra

The O2 Arena é um dos maiores centro de convenções e shows da Europa | Foto: Quality Crown
The O2 Arena é um dos maiores centro de convenções e shows da Europa | Foto: Quality Crown

O O2 Arena, ressurgiu das cinzas do Millennium Dome. The Dome, como foi coloquialmente chamado, foi construído para abrigar uma grande exposição, destinada a comemoração do Terceiro Milênio.

A cúpula foi uma construção controversa, cara e inútil, que acabou não atraindo o público esperado e nem gerou o retorno financeiro calculado.

Em 2008, após o investimento privado de aproximadamente £600 milhões, o local reabriu como o O2 Arena, um enorme complexo de entretenimento.

Hoje, o vasto espaço abriga locais para pequenos e grandes shows, instalações esportivas, espaço para exposições, cinema, restaurantes e bares.

Visite www.theo2.co.uk

Como foi dito anteriormente, preparem o tênis mais confortável que tiverem, a máquina fotográfica, a garrafinha de água porque tem muita coisa para se visitar.

Qual a sua avaliação?

You have already rated this post. Thank you!

0 5

0 Avaliações