Criado em 22 de Outubro de 2012

Jack o Estripador nas ruas de Londres

A identidade do assassino de cinco - ou possivelmente seis - mulheres no East End de Londres em 1888 permanece um mistério, mas o caso continua a horrorizar e fascinar

Entre agosto e novembro de 1888, a área de Whitechapel, no leste de Londres, foi palco de cinco assassinatos brutais. Todas as mulheres assassinadas eram prostitutas, e todas exceto por uma - Elizabeth Stride - foram horrivelmente mutilados. O assassino foi apelidado, então, de Jack o Estripador.

Jack o Estripador pelo fotografo Joshua Hoffine | Foto: Joshua Hoffine

O primeiro assassinato, de Mary Ann Nicholls, ocorreu em 31 de agosto. Annie Chapman foi morta em 8 de setembro. Elizabeth Stride e Catherine Eddoweson foram assassinadas em 30 de setembro e Mary Jane Kelly no dia 9 de novembro.

Estes são frequentemente os cinco assassinatos reconhecidos e atestados ao serial killer. Violência a prostitutas não era incomum e houve muitos casos de mulheres sendo brutalmente violentadas na mesma região, mas a natureza destes assassinatos sugere fortemente um único autor.

A história está envolta em mitos e mistérios e, até hoje, muito se especula quanto à identidade do assassino.

Sugere-se que ele, ou ela, foi um médico ou açougueiro, com base nas provas encontradas, como as armas usadas e as mutilações feitas nas vítimas, que mostraram um conhecimento da anatomia humana.

Muitas teorias foram analisadas, sugerindo os indivíduos que poderiam ser responsáveis.

Uma teoria chegou a ligar os assassinatos com o neto da Rainha Vitória, o Príncipe Alberto Victor, também conhecido como o Duque de Clarence, embora as evidências para isto tenham sido insubstanciais.

Porém, segundo a Metropolitan Police, os suspeitos são muito menos do que os autores fazem crer.

Depois das investigações feitas na época, a polícia considerou apenas aqueles com uma reivindicação genuína, reduzindo a longa lista de possíveis assassinos a meros quatro nomes.

Eles são:

  • Kosminski: um residente judeu polonês de Whitechapel;
  • Montague John Druitt: um professor de 31 anos de idade, que cometeu suicídio em Dezembro de 1888;
  • Michael Ostrog: um russo, acredita-se que com 55 anos de idade na época, que possuía múltiplos pseudônimos por estar envolvido com roubos e pequenos crimes;
  • Dr Francis J. Tumblety: 56 anos, um médico americano, que foi preso em novembro de 1888 por infracções ofensivas e fugiu do país mais tarde no mesmo mês, depois de ter pagado sua fiança a um preço muito elevado.

Na época, foi verificado, a cerca de meio quilometro da cena do assassinato de Catherine Eddowes, as palavras The Juwes [sic] are not the men to be blamed for nothing (Os judeus não são os homens para ser culpada por nada) rabiscadas em giz em uma parede, e sugeriu-se que isso foi escrito pelo assassino.

Ilustração do século XIX de um dos assassinatos em Whitechapel, Londres
Ilustração do século XIX de um dos assassinatos em Whitechapel, Londres

Um policial ordenou que as palavras fossem removidas, temendo uma reação antissemita em uma área com uma grande população judaica. Acredita-se também que o assassino tenha feito contato por carta com várias figuras públicas.

Porém, como não há registros nem das cartas, como da mensagem em giz, nunca se pode provar a autenticidade das evidências ou a conexão das mesmas com o assassino.

Jack o Estripador nunca foi apanhado e não há registros que ele tenha ter matado novamente depois de novembro de 1888. Ao longo dos anos o mistério aprofundou-se ao grau que a verdade é quase totalmente obscurecida.

Inúmeras histórias, notícias veiculadas na mídia, livros, peças de teatro, filmes e até mesmo musicais têm dramatizado e distorcido os fatos a tal ponto que a ficção é mais aceita publicamente do que a realidade.

Em Londres, há um tour especial pelas ruas onde o Jack o Estripador cometeu seus crimes. Interessados em explorar mais esta história poThe Jack the Ripper Tourp://www.thejacktherippertour.com" title="Link para o site da atração em Londres "The Jack the Ripper Tour"" target="_blank">The Jack the Ripper Tour.

Se você ficou interessado pode ficar sabendo mais visitando o nosso guia de história de Londres. Aproveitem!

Qual a sua avaliação?

You have already rated this post. Thank you!

0 5

0 Avaliações