Criado em 21 de August de 2012

Covent Garden, um só lugar para tudo o que você pode imaginar

Seja o que você estiver procurando: fazer compras, jantar, passear, divertir-se ou experimentar um lugar único em Londres, Covent Garden é o local certo!

Em pleno furor do centro da capital, há uma vizinhança super charmosa, popular entre os que visitam Londres, mas também querida pelos que aqui vivem, chamada Covent Garden.

Foto da estação de Covent Garden em Londres | Foto: Divulgação
Foto da estação de Covent Garden em Londres | Foto: Divulgação

Chaga-se lá por vários meios, mas para quem nunca esteve na cidade, há uma estação de metrô que se chama Covent Garden, o que torna tudo mais fácil.

No coração de Covent Garden está o mercado com suas barracas de artesanato peculiar, boutiques e restaurantes. A praça central tem uma próspera cultura de café e é repleta de artistas de ruas – que atraem e entretêm multidões com shows de mágica, malabarismo, música – e divertidos eventos durante todo o dia, todos os dias.

Aliás, cada dia é um evento especial em Covent Garden. Há sempre muito para ver e fazer lá. Fãs de música clássica irão se encantar com as Óperas e Ballets que o Royal Opera House apresenta.

Também há concertos de música clássica regulares na Igreja de São Paulo (Bedford Street, WC2E 9ED) Covent Garden também gosta de restaurantes e lojas itinerantes – lugares para comprar e comer que abrem por apenas um dia ou dois dias!

Ventos passados incluem o primeiro mercado ao ar livre aberto a noite em Londres, o Night Market, e o The Big Draw, um fim de semana de diversão familiar, com atividades de desenho.

Para quem mora aqui ou está de passagem, recomenda-se a visita regularmente, pois você nunca sabe o que está por vir.

Para os fashionistas, Covent Garden respira moda! Cenário inclusive de algumas edições do badalado London Fashion Week, a qualidade do varejo local permitirá que você transforme o seu guarda-roupa com peças da última moda.

Cada rua é repleta de lojas onde você pode caçar tesouros chiques, raros e cheios de estilo.

Bem como as clássicas e sofisticadas marcas britânicas, como Hobbs, Karen Millen e Whistles, também existem grifes modernas como Paul Smith e Nicole Farhi.

Os que curtem uma moda mais descolada, que fuja um pouco das tendências e do básico, devem dirigir-se a Neal Street, onde, há pequenos passos de dist6ancia do mercado central, já se nota a mudança do ambiente e estilos de loja.

Depois das compras, ou durante o intervalo delas, uma refeição ou café são essenciais para recarregar as energias. Para o café da manhã, almoço ou chá da tarde, tente um dos cafés que ficam em torno da Praça.

Na hora do jantar, você pode muito bem escolher o que você quiser, pois vai haver um restaurante para atender o seu desejo. Comida espanhola, italiana, vietnamita? Apenas siga seu paladar e bom apetite!

Ah, se as ruas de Covent Garden falassem...
O comércio existe na região de Covent Garden, desde os tempos romanos – o primeiro século D.C., quando Londres era conhecida como Londinium.

A área ao redor de Covent Garden e The Strand foi, no século VII, um movimentado porto comercial saxão chamado Lundenwic. Lundenwic foi abandonada depois que os invasores vikings tornaram-se muito perigosos no século IX.

O nome Covent Garden tem suas origens nas brumas do tempo - remonta ao reinado do Rei John no século XIII. O terreno de 40 acres formava a grande horta do Convento ou Abadia de São Pedro de Westminster.

Para o benefício dos visitantes do dia moderno, a terra situava-se entre St Martin Lane no oeste, Drury Lane no leste, Floral Street ao norte e Maiden Lane ao Sul.

Os jardins do convento – daí o nome Covent Garden – dos monges tornou-se uma importante fonte de frutas e produtos hortícolas em Londres e, durante 700 anos seguintes, Covent Garden tornou-se sinônimo de frutas e vegetais frescos.

O Grande Incêndio de Londres em 1666 destruiu muitos dos mercados menores e rivais do leste da cidade e, da noite para o dia, Covent Garden tornou-se o mercado de frutas, legumes e flores mais importante do país, com itens exóticos provenientes de todo o mundo, chegando de barco pelo Rio Tamisa.

Para encontrar mais informações de como se divertir em Covent Garden ou saber um pouco mais da história do local, visite o site www.coventgardenlondonuk.com que é o guia oficial de informações de Covent Garden.

Qual a sua avaliação?

You have already rated this post. Thank you!

0 5

0 Avaliações